Imagem Destaque

Aprenda Como Atacar Bloqueios Indiretos

Um bloqueio indireto entre dois jogadores em que nenhum dos dois tem a bola nas mãos e um jogador bloqueia o outro jogador. O objetivo dos bloqueios indiretos é libertar um jogador para ficar sozinho, por vezes nem sempre o jogador que utiliza o bloqueio indireto é o jogador que vai ficar sozinho, algo que explicarei no decorrer do artigo.

Este tipo de ação é muito usado pelas equipas para libertar jogadores que têm uma capacidade fenomenal para finalizar seja perto ou mais longe do cesto. Este tipo de ação envolve sempre três jogadores, um jogador com a bola que tem a responsabilidade de fazer o passe, um jogador sem bola que tem a responsabilidade de fazer o bloqueio e por fim um outro jogador sem bola com a responsabilidade de se libertar para receber a bola. Porém é muito comum que ambos os jogadores sem bola possam no último instante trocar de responsabilidades.

Tipos de Bloqueios indiretos

Existem diversos tipos de bloqueios indiretos o que daria para escrever um livro inteiro dedicado aos tipos de bloqueios indiretos que existem. Neste artigo vou abordar aqueles mais comuns. Eu divido os bloqueios indiretos em dois, bloqueios frontais e bloqueios cegos.

Os bloqueios indiretos frontais são todos os bloqueios que é feito pela frente do defesa, enquanto os bloqueios cegos são os bloqueios feitos pelas costas dos defesas. Vou começar por bloqueios indiretos pela frente

Saída Bloqueada

Este tipo de bloqueio indireto é provavelmente o mais comum no jogo de basquetebol. Como mostra a figura em baixo, o objetivo é libertar um jogador 1, normalmente é um jogador com grandes capacidades de finalização.

Bloqueio Vertical

Este bloqueio é também um bloqueio indireto muito usado, acaba por ser basicamente igual ao anterior a única diferença é que não está posicionado na diagonal, mas sim na vertical

Bloqueio Horizontal

Este bloqueio já é menos usado em comparação com os anteriores, porém como o nome indica o bloqueio será feito na horizontal.

Relativamente ao bloqueios cegos a escolha de opções também vasta, geralmente este tipo de bloqueios é para procurar vantagens e oportunidades de finalização perto do cesto.

Bloqueio UCLA

Este bloqueio é bastante famoso pela universidade UCLA e criado pelo famoso treinador John Wooden. É no fundo um bloqueio vertical mas é o jogador mais próximo do cesto que bloqueio o jogador mais longe do cesto.

Bloqueio Poste-Poste

O bloqueio poste-poste é um bloqueio em que estão presentes dois postes e é feito entre um bloco e outro bloco.

Pré-Requisitos para jogar bloqueios indiretos?

Não é qualquer jogador que é capaz de jogar bloqueios indiretos, como já foi explicado em cima são três os jogadores que intervém nesta ação. Primeiro o jogador com bola, pois é aquele que é responsável por fazer o passe, depois o bloqueador que é responsável por bloquear o defesa do jogador que se quer libertar e por último “atirador” que se quer libertar para receber a bola. Este último não necessita obrigatoriamente de ser um fantástico lançador, muitas destas ações podem ser de continuidade e ganhar alguma pequena vantagem à defesa.

Quando falo em pequena vantagem, referi me ao deixar a defesa atrasada para que esta não seja capaz de pressionar demasiado o jogador que foi bloqueado.

Quais os principais pré-requisitos?

Relativamente aos pré-requisitos para jogar bloqueios indiretos, é necessário perceber se todos os jogadores envolvidos nesta ação conseguem dominar minimamente os fundamentos do jogo. Por exemplo, o jogador com bola necessita de saber passar bem a bola, portanto se existe um jogador que não tem qualidade a passar a bola, infelizmente não vai ser capaz de executar essa função porque o mais provável vai ser perder a bola.

O trabalho de pés, lançamento, passe e drible são os fundamentos necessários dominar nesta situação. Estes fundamentos não são nada mais nem nada menos que os fundamentos do jogo. Portanto com isto dizer e fazendo uma analogia, não podemos ensinar um miúdo a fazer equações matemáticas se este nem multiplicar nem dividir sabe.

O bloqueador aparenta ter uma função um pouco mais fácil, porém não é assim tão fácil quanto parece. Este jogador necessita ter também uma boa técnica de bloquear, pois não pode simplesmente ir contra o defesa senão será falta ofensiva.

Técnica dos bloqueios indiretos

Fazer bloqueios indiretos requer também a sua técnica. Vou descrever os pontos chave de cada interveniente nesta ação.

Bloqueador:

  • Fletir os joelhos e os pés um pouco mais largo que os ombros
  • Não se movimentar quando o defesa estiver a passar, para não provocar uma falta ofensiva
  • Olhar por cima do ombro para perceber qual o posicionamento da defesa para poder atacar

“Atirador”:

  • Desacelerar e acelerar a velocidade quando estiver a aproveitar o bloqueio, pode inclusiva interromper a corrida e dar um pequeno encosto no defesa e de seguida sair do bloqueio.
  • Passar ombro a ombro junto ao bloqueador para não permitir que o defesa passe entre os dois
  • Olhar por cima do ombro para perceber qual o posicionamento da defesa para poder atacar

Passador:

  • Proteger a bola, com o corpo, do seu defesa direto para não a perder
  • Caso o passe seja feito após drible, o último drible antes do passe tem de ser forte
  • Olhar tanto para o bloqueador como para o “atirador” para perceber qual dos dois vai ficar sozinho, para não falhar no timing do passe.

Leituras dos bloqueios indiretos

Existem várias maneiras de defender o bloqueio indireto, e o ataque tem de ser capaz de ler e atacar os diferentes tipos de defesa.

Defesa perseguir

Este tipo de defesa é quando o defesa do jogador 1 persegue o jogador para que este não tem possibilidade de lançar de longe. Então o único espaço para onde o jogador 1 poderá atacar vai ser o meio.

Então jogador 1 enrola para o cesto e o jogador 2 abre ao canto. Caso o defesa do jogador 2 ajude a defender o jogador 1, o jogador 2 vai estar sozinho para lançar ou atacar o cesto.

Defesa antecipar

Este tipo de defesa é quando o defesa do jogador 1 tenta antecipar o seu movimento e vai à volta do bloqueio.

Portanto o espaço livre do jogador 1 é atacar o canto e o jogador 2 atacar o meio.

Defesa preso no bloqueio

Esta leitura acaba por raramente acontecer a não ser que seja mal defendido, caso o defesa do jogador 1 bata e fique preso no bloqueio, jogador 1 vai estar sozinho para lançar.

Defesa troca

O ataque a esta defesa só é eficaz se houver um bloqueio entre um jogador grande e forte a um jogador mais baixo e não tão forte fisicamente.

Nesse caso, as defesas trocando, ou o jogador 1 ou o jogador 2 vão ter uma vantagem ou em altura, no caso do jogador 2, ou em velocidade no caso do jogador 1.

Exercícios para trabalhar os bloqueios indiretos

A melhor forma para trabalhar os bloqueios indiretos primeiro é trabalhar em situações sem defesa e criar rotinas e depois com defesas.

Exercício nº1: 2×0 Saídas Bloqueadas

Este exercício tem o objetivo de trabalhar o lançamento com as leituras que vimos anteriormente.

Começa com duas colunas, um na posição de base e outra de baixo do cesto. É utilizado cones para simular o bloqueio indireto. Jogador que lançou ganha o seu próprio ressalto e vai para o final da fila de passar a bola.

Exercício nº2: 3×0 Saídas Bloqueadas com Treinador

Exercício nº2: 3x0 Lançamentos de Bloqueios Indiretos

O exercício consiste em 3 variantes, e as variantes são as leituras de saídas bloqueadas. Todas as variantes começam com o jogador 2 a passar a bola ao treinador e de seguida inicia-se a variante. 

1º gráfico corresponde à leitura do defesa perseguir o jogador atacante. Portanto jogador 3 enrola para o cesto e recebe o passe do treinador, por sua vez jogador 2 vai abrir ao canto assim que o jogador 3 passar por ele, recebe o passe do jogador 1. 

2º gráfico corresponde à leitura do defesa antecipar o movimento do atacante. Portanto jogador 3 abre ao canto e recebe o passe do jogador 1. Jogador 2 assim que se apercebe que o jogador 3 vai abrir ao canto, “sela” o defensor e recebe passe do treinador. 

3º gráfico corresponde à leitura do defesa ficar preso no bloqueio. Portanto jogador 3 saí para lançar e recebe passe do jogador 1 enquanto jogador 2 “sela” o seu defensor e recebe passe do treinador.

Exercício nº3: 3×3 por blocos

Exercício nº3: 3x3 por blocos para trabalhar bloqueios indiretos

O objetivo deste exercício é colocar em prática tudo o que foi trabalhado em situação de 3×0.

É um jogo de 3×3 contínuo, a equipa de preto ataca contra a equipa de vermelho. Após cesto marcado da equipa preta ou bola recuperada da equipa vermelha, a equipa vermelha ataca contra a equipa azul. E sempre assim sucessivamente.

Como se pretende trabalhar o bloqueio indireto, é necessário pedir aos jogadores a “disposição” pela qual se quer começar o ataque.

Pronto Para Melhorar o ataque dos bloqueios indiretos?

Em suma o bloqueio indireto é uma ação entre três jogadores, um com bola e dois sem bola. Todos os fundamentos do jogo são necessários para se poder atacar com sucesso o bloqueio indireto e não se pode saltar “passos” à frente se quer que os jogadores tenham sucesso.

O bloqueio indireto tem diversas defesas e é importantíssimo que os jogadores saibam o que fazer perante cada defesa.

Espero que tenhas gostado e percebido o artigo. Desta forma convido-te a deixares o teu feedback na caixa de comentários em baixo, porque a tua opinião importa para mim.

Abraço e continuação de bons treinos!

Coach Afonso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ARTIGOS RECOMENDADOS POR COACH AFONSO

CLIQUE NO BOTÃO EM BAIXO E OBTENHA JÁ O SEU EBOOK