Imagem Destaque
Trabalho de Pés

Basquetebol Fundamentos – Trabalho De Pés

Quando se fala em basquetebol fundamentos, aquilo se fala mais é no drible, passe, lançamento. Contudo há um fundamento que se não for bem adquirido impossibilita de dos anteriores serem usados nomeadamente, trabalho de pés.

O trabalho de pés bem adquirido evita que os jogadores cometam violações, numa fase de conhecimento do jogo que não a inicial, desnecessárias. Não só previne de violações bem como permite criar espaços e ultrapassar os defesas diretos.

Por exemplo, muitas vezes nós treinadores queremos ensinar demasiada técnica de drible a um jogador e esquecemos que uma boa técnica de pés ajuda a dominar o drible. Um outro exemplo é tão simples como, se eu ensinar uma saída bloqueada a um jogador que não saiba parar, qual será a probabilidade de ele cometer nenhuma violação? A resposta é simples, é GIGANTE!

Rick Carlisle disse uma vez num clinic de treinadores na Alemanha, à qual recomendo a assistirem, que se colocarmos o corpo numa posição correta podemos fazer coisas extraordinárias com o lançamento. Esta frase demonstra que o trabalho de pés não só melhora a o drible bem como melhora o lançamento.

Porém, o treinador dos Dallas Mavericks não tem sido o único a dar enfase ao trabalho de pés. Seth Greenberg, antigo treinador da faculdade Virginia Tech, disse num clinic de treinadores americanos que considera o trabalho de pés a diferenção das equipas vencedoras nos últimos campeonatos.

Watch this video on YouTube.

Como dominar o trabalho de pés nos Basquetebol Fundamentos?

Antes de responder diretamente à pergunta é importante saber quando é que este mesmo é utilizado. Se refletirmos no jogo podemos facilmente perceber que utilizamos o trabalho de pés para:

O momento em que utilizamos o trabalho de pés pode ter diversas maneiras de o fazer, mas para desenvolvermos e ensinarmos diferentes formas de utilizar é necessário ensinar as básicas. Por exemplo, antes de ensinarmos a paragem a dois tempos devemos ensinar a parar a um tempo.

Para dominar estes aspetos, essencial é repetição. Numa fase inicial de aprendizagem do jogador aconselho que gastem bastante tempo neste conteúdo pois irá facilitar que todos os outros conteúdos, tanto técnicos ou táticos, a fluir melhor. No entanto se os jogadores já tiverem numa fase já ligeiramente avançada gastem 5 minutos no treino a repetir este fundamento.

Por isso, trago um exercício simples mas que faz a diferença.

Exercício 1: Exercício em Caixa

Exercício Basquetebol Fundamentos - Trabalho de Pés: Exercício em Caixa

A sua dinâmica é bastante simples, começa com um jogador a fazer um auto passe para o cotovelo da linha de lance livre e a parar (a paragem tanto pode ser a 1 tempo ou a 2 tempos, numa fase inicial aconselho a 1 tempo). De seguida faz os arranques descritos em baixo:

  • Drop Step e penetra para o cesto
  • Pivotear o pé exterior para o meio
  • Pivotear o pé exterior para o meio e arranque cruzado para a linha
  • Pivotear o pé interior para fora (abrindo o campo)
  • Arranque a rasgar
  • Finta de arranque a rasgar

Este exercício deve ser feito no início do treino, pode ser utilizado como exercício de lançamento e de aquecimento com bola.Para ajudar na compreensão dos arranques, deixo um vídeo de demonstração do Coach Jeff Depelteau.

Watch this video on YouTube.

Preparado para melhorar os seus jogadores?

Espero que tenha compreendido das vantagens que um bom trabalho de pés pode trazer à qualidade técnica do seu jogador. É importante não esquecer que antes de irmos à complexidade dos movimentos devemos ir ao básico, como referi anteriormente um exemplo é o facto de ensinarmos primeiro a parar a um tempo e só depois ensinarmos a parar a dois tempos.

Se já utilizou este exercício, ou tem uma filosofia diferente, ou tem mais alguma ideia a acrescentar àquelas apresentadas, partilhe com os treinadores nos comentários!

Bons treinos!

My world

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ARTIGOS RECOMENDADOS POR COACH AFONSO

CLIQUE NO BOTÃO EM BAIXO E OBTENHA JÁ O SEU EBOOK