Imagem Destaque
Bloqueio Direto - Thumbnail

Atacar Bloqueios Diretos – Guia Completo

O bloqueio direto é sem dúvida o movimento ofensivo mais utilizado em todos os escalões do basquetebol.

Este movimento, geralmente, aparece no ínicio de uma jogada, no final da jogada ou como sequência/continuidade de um set play.

Há medida que o nível de jogo vai avançando as soluções ofensivas e defensivas passarão a ser mais coletivas e menos individuais.

O que é o bloqueio direto e porquê usar?

O bloqueio direto é um bloqueio feito ao defensor do jogador com bola, de forma a atrasar ou impedir que consiga defender o jogador com bola.

Este bloqueio tem algumas regras que precisam de ser cumpridas senão serão penalizadas com faltas ofensivas.

O uso do bloqueio direto aumento pois é um movimento simples de se realizar e requer pouco tempo para “montar”. Para além disto, é um movimento que pode provocar grandes desequilíbrios defensivos.

Pré-Requisitos para jogar o Bloqueio Direto

Os principais pré-requisitos é o domínio dos fundamentos básicos, saber driblar, passar, lançar, etc.

Como já referi noutros artigos, não há nada no basquetebol que se possa fazer se não se souber bem os fundamentos básicos.

Um requisito chave é ser capaz de dominar o bem o 1×1, sendo capaz de criar uma situação de cesto ou uma assistência.

Fundamentos do Bloqueio Direto

Muitas vezes uma situação de bloqueio direto falha sem que a defesa se esforce muito, há pelo menos sete razões pelas quais o bloqueio direto não tem sucesso.

         1. O bloqueio não foi montado na posição correta no campo

         2. Montagem errada do bloqueio

         3. O bloqueio não foi mantido o tempo suficiente

         4. Jogador com bola não colocou o defesa no bloqueio

         5. O bloqueador não desfez ou não abriu corretamente

         6. O passe foi intercetado ou desviado

         7. O bloqueador ou o jogador com bola não aproveitaram a vantagem oferecida pela defesa

Bloqueio não foi montado na posição correta no campo

Se o bloqueio não for montado na num local apropriado no campo, a defesa pode facilmente ajustar ou se calhar nem precisa de ajustar nada. Principalmente se o bloqueador desfizer para um espaço onde está tudo muito congestionado.

Montagem errada no bloqueio

Maior parte das vezes que um bloqueio não é bem-sucedido é por esta razão, o bloqueio não é feito como deve ser. As pernas do bloqueador têm de estar abertas com os joelhos fletidos. Os pés têm de estar um pouco mais largos do que os ombros, de forma a obrigar o defensor da bola a ter dificuldades em passar pelo bloqueio.

O facto de os pés estarem um pouco mais largos do que os ombros vão permitir que o primeiro passo do bloqueador seja maior e desta forma impedir que o defesa se coloque à sua frente.

O bloqueio não foi mantido o tempo suficiente

O bloqueio deve ser mantido tempo suficiente de forma a que o defensor do jogador com bola esteja fora da jogada. Com isto não quer dizer que o bloqueador empurre o defesa para fora, não porque é falta.

O bloqueador só pode desfazer ou abrir quando o jogador com bola tiver passado do bloqueio. Ou seja, quando o jogador estiver fora da sua visão periférica.

Jogador com bola não colocou o defesa no bloqueio

O sucesso ou o fracasso do bloqueio direto depende muitas vezes do jogador com bola. Pois, este é o responsável de colocar o defesa no bloqueio.

Este passo é tão importante pois se não for executado, o defesa pode passar por cima do bloqueio com toda a facilidade. Caso seja bem executado, o defesa só poderá passar por baixo, trocar a defesa ou perseguir o jogador com bola.

Bloqueador não desfez ou não abriu corretamente

A tomada de decisão do bloquear é bastante importante, ser capaz de ler a defesa e decidir entre desfazer para o cesto ou abrir para fora dos 3 pontos. Para além da tomada de decisão, a forma como o faz pode fazer a diferença.

A técnica de desfazer para o cesto deve ser sempre de abrir para a bola e não de rodar em frente. Ao abrir para a bola, não perde um segundo de visão da bola. Está sempre atenta a ela.

Quando a decisão é de abrir para fora dos 3 pontos, a técnica deve ser a mesma de não virar as costas à bola, mas desta feita com o pé de dentro a abrir para fora.

O passe foi intercetado ao desviado

Algo que irrita bastante os treinadores é quando o bloqueio direto não resulta porque o passe foi mal feito. É essencial perceber que o passe no bloqueio direto, ou é passe picado ou um passe alto e tenso.

O bloqueador ou o jogador com bola não aproveitaram a vantagem oferecida pela defesa

Por último, um erro que é bastante comum no bloqueio direto, é não saber atacar as diferentes defesas do bloqueio direto.

Quando isto acontece geralmente é porque não foi treinado, o que fazer e como fazer quando a defesa nos apresenta diversos tipos de defesa.

Da mesma forma que é definido no ínicio da época quais os princípios de transição ofensiva, tem de estar definido o que atacar e como atacar nos bloqueios diretos.

Em baixo, apresentarei diversas soluções para cada tipo de problema que a defesa apresente.

Atacar as diferentes defesas do bloqueio direto

À medida que o nível de jogo vai avançando a defesa vai ter cada vez melhores soluções defensivas e cada vez mais agressivas. Porém o ataque tem de saber o que fazer mediante a escolha defensiva da equipa.

É normal que por vezes as soluções ofensivas perante os problemas criados pela defesa seja de adicionar mais um ou outro jogador à equação. Desta forma, uma situação que inicialmente seria de 2×2, vai passar a ser uma situação de 3×2, 3×3, 4×3, e por aí em diante.

Soluções ofensivas para quando a defesa nega o bloqueio

A defesa negar o bloqueio é quando o defesa da bola impede claramente a ida do jogador com bola para o bloqueio. Como podemos ver na primeira imagem, é o que o defesa 1 está a fazer.

Saída Bloqueada

Uma forma de atacar este tipo de defesa será chamar um terceiro homem à equação.

O jogador com bola dribla para a linha de fundo criando espaço para poder fazer o passe ao bloqueador.

Quando a bola entra no bloqueador, o mesmo dá continuidade à jogada, e logo de seguida vai bloquear o “base”.

Mudar o ângulo do bloqueio

Uma outra solução possível será mudar o ângulo do bloqueio para o jogador atacar a linha final e o bloqueador atacar o espaço no meio livre

Mudar o ângulo do bloqueio e enrolar no bloqueador

Esta situação é semelhante à anterior, porém atacar o jogador com bola enrola no bloqueador parecendo uma cobra enquanto o bloqueador ataca o espaço da linha final.

Bola à mão

Por último, a solução seria utilizar uma bola à mão para poder atacar o meio.

Soluções ofensivas para quando a defesa pressiona (“hedge”) o bloqueio

O “hedge” é uma variante mais agressiva do show porém não tão intensa e tão agressiva como um 2×1. Nesta defesa o defensor da bola envia o jogador com bola para o bloqueio, de forma a que o defesa do bloqueador possa aparecer repentinamente na frente do jogador com bola.

Ao aparecimento do defesa do bloqueador, há equipa que vão só lá pressionar e outras que intensificam a pressão no jogador com bola.

Dividir a defesa

O defesa do bloqueador ao aparecer, à frente do jogador com bola, deixa um pequeno espaço entre o bloqueador e ele. O jogador com bola pode aproveitar esse espaço para “se livrar” de uma pressão e poder atacar o cesto.

Passe no rolar curto

Uma outra solução será assistir ao bloqueador quando este desfaz para o cesto, só que desta vez não desfaz longo, mas sim curto para a seguir poder tomar uma decisão.

Atacar a ajuda

Por último, seria assistir ao jogador que foi defender o bloqueador que desfez para o cesto. Provavelmente estará sozinho para um lançamento.

Soluções ofensivas para quando a defesa passa por baixo no bloqueio

A defesa passar por baixo no bloqueio direto é quando o defesa, decide antecipar o movimento atacante de penetração para o cesto.

Atacar mais rápido que o defensor

Este tipo de ataque só resulta de o jogador que estiver a atacar for realmente mais rápido que o seu defensor.

Consiste no momento em que o atacante passa por baixo, o jogador com bola muda de velocidade e ataca o cesto.

Re-bloquear

Este tipo de ataque é bastante utilizado pelas equipas quando os seus jogadores com bola não são lançadores.

Inclui dois bloqueios, o primeiro bloqueio direto que não foi possível tirar vantagem. Um segundo para aproveitar o fraco posicionamento do defesa da bola para usar o bloqueio, mas desta vez para a linha final.

Lançar

Esta situação é talvez a mais conhecida para usar contra este tipo de defesa.

No momento em que o defesa tenta antecipar o movimento atacante, o jogador com bola lança ao cesto.

Soluções ofensivas para quando a defesa faz “drop” no bloqueio

A defesa drop, é quando o defesa do bloqueador se mantém “dentro” do garrafão.

Pop-out

A primeira solução perante este tipo de defesa é o bloqueador abrir para fora dos 3 pontos. Perante isto, o bloqueador tem espaço o suficiente para poder lançar sem pressão.

É uma solução muito boa para quem tem jogadores interiores que lançam bem.

Atacar o drop

Uma outra solução será o jogador com bola atacar o defesa do bloqueador. Deste modo pode parar para lançar, como finalizar debaixo do cesto.

Soluções ofensivas para quando a defesa troca no bloqueio

A defesa troca, existe quando a defesa troca as suas combinações defensivas. Ou seja, o defensor do jogador com bola passa a defender o bloqueador, e por sua vez o bloqueador passa a defender o jogador com bola.

Mismatch

A solução para atacar este tipo de defesa será o mismatch por altura (assinalado a vermelho) e o mismatch por velocidade (assinalado a amarelo).

Teoricamente o jogador com bola será mais rápido que o seu adversário direto, e o jogador que está na posição de poste será mais alto do que o seu oponente direto, teoricamente.

Exercícios para trabalhar o bloqueio direto

Para trabalhar o bloqueio direto é essencialmente primeiro que os fundamentos descritos em cima estejam bem assimilados. Caso contrário terá mais insucessos do que sucessos.

Consequentemente, o treino desses fundamentos deve inicialmente ser sem defesa. Posteriormente deverão ser postos à prova com a adição de defesa.

Exercícios sem defesa

2×0 Bloqueio Direto

O exercício inicia-se com duas colunas, uma na linha final com bola e outra na posição de extremo.

O jogador da linha final passa ao extremo e vai bloquear.

Depois do bloqueio montado jogador finaliza mediante aquilo que o treinador especificou.

Exercício - 2x0

3×0 Bloqueio Direto – Lançamentos

O exercício começa com três colunas, como dispostas na figura.

Duas colunas com bola e uma sem bola. Jogador 3 passa ao jogador 1 e vai bloquear. Jogador 1 aproveita o bloqueio e finaliza de baixo do cesto.

Jogador 3 após o primeiro bloqueio volta a bloquear, mas agora o jogador 2. Desfaz para o cesto e finaliza.

Neste exercício é importante numa primeira fase trabalhar os fundamentos e só depois trabalhar os diferentes tipos de ataque.

Exercício - 3x0
Exercício - 3x0

Exercícios com defesa

2×1 – Bloqueio Direto

O exercício começa com duas colunas, uma na linha de fundo e outra a extremo.

No 1º gráfico consiste numa situação de 2×1 em que o defesa pode passar por baixo ou perseguir o jogador com bola. Mediante a defesa que o jogador sem bola fizer, o jogador com bola toma a sua decisão.

No 2ª gráfico a dinâmica é a mesma. Só que desta vez é o defesa do bloqueador a decidir o que defender e o jogador com bola a tomar a decisão.

Nota: O treinador pode estar na zona do semi circulo a dar uma ajuda defensiva.

Exercício - 2x1
Exercício - 2x1

2×2/3×3 – Bloqueio Direto

O exercício começa com duas colunas, uma em cima e outra na linha final. O primeiro de cada coluna defende o segundo. Jogador da linha final vem bloquear e a partir dessa situação jogo de 2×2.

Variantes:

– Treinador pode designar a defesa ao ínicio, mas depois dar livre escolha defensiva.

– Adicionar atacantes e defensores mediante a evolução das leituras e das defesas que vão sendo apresentadas.

Exercício - 2x2

Pronto para tirar um gigante partido de bloqueios diretos?

A aprendizagem dos bloqueios diretos é algo simples, mas que para ser bem aprendida demora o seu tempo. Principalmente se o nível de jogo e de defesa vai evoluindo.

A chave para ter um bom ataque de bloqueios diretos é ter sem dúvida uma boa defesa.

Repara nos treinos o teu ataque e a tua defesa estão sempre em competição. Deste modo o teu ataque vai evoluindo pelos problemas que a tua defesa coloca nos treinos.

Não esquecer que o primordial são os seus fundamentos e só depois as leituras dos bloqueios.

Espero que tenhas gostado, se gostaste diz me nos comentários aqui em baixo o que gostaste!

Abraço!

Coach Afonso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

ARTIGOS RECOMENDADOS POR COACH AFONSO

CLIQUE NO BOTÃO EM BAIXO E OBTENHA JÁ O SEU EBOOK